x 

Carrinho vazio

Quinta, 08 Fevereiro 2018 09:00

5 dicas para cuidar do seu couro cabeludo

Para ter cabelos lindos, hidratados e com brilho, não adianta focar apenas no cuidado com o comprimento das madeixas. O couro cabeludo é uma área muito importante para o crescimento capilar e também para saúde dos fios. Por isso, é essencial ter alguns cuidados com a raiz, que vão refletir na prevenção de problemas como queda, ressecamento e opacidade. Então, vem conferir 5 dicas para adicionar na sua rotina capilar que vão cuidar do seu couro cabeludo!

1. FAÇA ESFOLIAÇÃO NO COURO CABELUDO REGULARMENTE
Assim como a pele do corpo, o couro cabeludo também precisa de uma boa esfoliação para remover a pele morta, o excesso de produtos e renovar a circulação na área. Deixar os poros livres será ótimo para o crescimento capilar, já que o fio não terá empecilhos no processo. Porém, procure fazer esse tratamento na raiz apenas uma vez por mês. Assim não o cabelo não corre nenhum risco de ficar ressecado e sem brilho por falta de oleosidade. Para fazer a esfoliação podem ser usadas receitinhas caseiras com açúcar ou café. E quem quiser uma limpeza mais profunda pode apostar na argiloterapia capilar.

2. USE TÔNICOS PARA ESTIMULAR A CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA NA RAIZ
O uso de tônicos capilares é uma boa maneira de estimular a circulação sanguínea na raiz e tratar alguns problemas, como oleosidade, caspa e queda. Também são recomendados para cuidar da vermelhidão e possíveis irritações que possam surgir no couro cabeludo. O modo de aplicar é bem simples, depois de higienizar as madeixas basta aplicar o produto na raiz e massagear por alguns minutos e deixar o cabelo secar naturalmente sem lavar. Opte por ingredientes calmantes e se preferir invista em receitas caseiras para conseguir um tônico ainda mais natural.

3. MASSAGENS COM ÓLEOS VEGETAIS SÃO ÓTIMAS PARA EVITAR O RESSECAMENTO DA PELE
Os óleos vegetais são bastante utilizados para tratamentos de umectação e até mesmo para potencializar o efeito da hidratação ou reconstrução. Esse produto, que é bem versátil, também pode ser usado para evitar o ressecamento da pele do couro cabeludo. A raiz pode ficar ressecada por ser lavada todos os dias com shampoo, receber muita água quente ou ficar exposta à radiação solar. E ter essa pele ressecada deixa a área extremamente exposta a vários tipos de dano, desde uma coçadinha com a unha até tratamentos químicos. Portanto, procure fazer massagens com óleos na raiz sempre que possível para evitar o ressecamento da pele.

4. EVITE APLICAR AS MÁSCARAS DE TRATAMENTO E OS CONDICIONADORES NA RAIZ DO CABELO
As máscaras e condicionadores tem a função de hidratar o comprimento do cabelo e não devem ser aplicadas na raiz. O excesso de produtos no couro cabeludo pode entupir os poros e deixar os fios oleosos, opacos e sem vida. A mesma dica vale para os finalizadores, porém com produtos de banho a atenção deve ser redobrada já que o normal entre as mulheres é seguir a mesma área de aplicação do shampoo. Respeite um espaço de dois dedos a partir da raiz e o problema estará resolvido.

5. TER UMA BOA ALIMENTAÇÃO VAI CONTRIBUIR PARA SAÚDE DO COURO CABELUDO
Você já deve saber que a sua alimentação influencia na saúde e aparência dos fios. O mesmo vale para o couro cabeludo, pois ao ingerir bastante proteína e aminoácidos você estimula a circulação e o crescimento capilar. Substâncias como o zinco ajudam a diminuir a oleosidade e o ômega-3 dão uma recarga de hidratação nas madeixas. Tentar melhorar de dentro para fora também é uma ótima saída porque além de ter uma raiz saudável e cabelos maravilhosos, os alimentos ainda farão bem para outras partes do seu organismo.

Fonte: Fique Diva

Que atire o primeiro pente quem nunca passou por um perrengue com o cabelo! Afinal, com tantas dicas e receitinhas para testar nos fios, é normal a gente se enrolar um pouco e acabar fazendo o que não deveria. Dos acidentes mais leves aos mais impactantes, não tem jeito: toda mulher tem sua história para contar. Alguns são tão clássicos que decidimos fazer uma lista aqui no Fique Diva. Veja só se você já não fez coisas como:

1 - DEIXAR A COLORAÇÃO OU O TONALIZANTE POR MAIS TEMPO QUE DEVERIA
Não tem problema nenhum em pintar o cabelo em casa. Pelo contrário, é até bom para economizar um dinheirinho. O problema é que muitas mulheres simplesmente ignoram as instruções da embalagem.

Por isso, tacam a coloração nos fios sem nem considerar o próprio tom de base, deixam a cor agir por mais tempo que deveria ou ainda esquecem que a raiz pega a tonalidade bem mais rápido que o restante do cabelo. Conclusão: fios manchados, com certeza. Acontece, amiga.

2 - MANCHAR O CABELO USANDO SHAMPOO ROXO
Essa vai para as loiras e platinadas viciadas em matizar o cabelo. No primeiro sinal de fios amarelados, elas correm para o shampoo roxo e usam o produto como se não houvesse amanhã. Só que esse amanhã existe sim e você pode se deparar com os fios da cor do shampoo.

Na hora de usar o shampoo, fique de olho no tempo e na frequência recomendados pelo fabricante para não ter surpresas. Se o acidente for inevitável, vá a um salão e procure um profissional de confiança para reverter a situação.

3 - MISTURAR CREME PARA PENTEAR COM A GELATINA E FICAR COM FALSA CASPA
Toda cacheada e crespa já deve ter passado por essa situação. Finalizou os cachos com todo carinho e, quando eles secaram, deu para notar que tinham alguns - ou vários - pontinhos brancos espalhados pelos fios, a famosa falsa caspa.

Ninguém merece! Isso pode ter acontecido por dois motivos: ou você misturou produtos que não funcionam bem juntos ou o seu cabelo está mais ressecado, o que facilita o acúmulo de resíduos.

4 - QUEIMAR O CABELO COM A CHAPINHA
Quem nunca, não é mesmo? Na ânsia de deixar o cabelo liso chapado, sem nenhuma ondinha, é comum esquecer o protetor térmico ou ficar passando a ferramenta de calor por muito mais tempo nos fios, o que deixa as madeixas lisas, porém sem brilho, opacas e cheias de nós.

Para recuperar os cabelos queimados pela chapinha, a dica é fazer reconstrução com queratina líquida. Se estiver muito danificado, vale também dar um corte nos cabelos para minimizar a situação.

5 - CORTAR A FRANJA SOZINHA
Você decidiu mudar o visual e achou que a franja era uma boa ideia. Até aí tudo bem, se você não se aventurasse a fazer o corte sozinha. Assim como a coloração - a não ser que leve jeito para a transformação -, melhor não tentar. As chances de dar errado e ficar com a franja menor do que você imaginou são muitas e aí, diva, haja grampinho para disfarçar.

Fonte: Fique Diva

Um cabelo 100% saudável é o sonho de toda mulher. Mas nós garantimos que não é nada impossível! Com alguns cuidados básicos, você pode ter fios sem frizz, pontas duplas e nada daquele aspecto poroso e sem brilho. O Fique Diva separou os 10 mandamentos que a mulherada deve introduzir na rotina capilar. Acompanhe!

1. NÃO LAVE O CABELO COM ÁGUA QUENTE
A águe quente é a pior inimiga dos cabelos saudáveis. A alta temperatura faz com que os fios fiquem ressecados, porosos e sem brilho nenhum. Então, deixe aquele banho pelando de lado (também não faz bem para pele) e comece a higienização com água morna para retirar o excesso de oleosidade e termine com um jato frio para dar brilho às madeixas.

2. USE PRODUTOS ESPECÍFICOS PARA O SEU TIPO DE CABELO
Esse é outro ponto importante para desfilar cabelos saudáveis. Produtos específicos para o seu tipo de fio é um investimento que vale muito a pena, pois eles tem os componentes certos para tratar cada caso. Por exemplo, se você tem os fios coloridos, shampoo e condicionadores para para madeixas pintadas devem estar na sua prateleira.

3. SHAMPOO É PARA APLICAR APENAS NA RAIZ
O shampoo foi feito para limpar os fios e retirar a oleosidade excessiva produzida pelo nosso couro cabeludo. O correto é aplicar o produto apenas na raiz, massageando bem a área para ativar a circulação sanguínea e estimular o crescimento dos fios. Na hora do enxague, a espuma vai descer pelos cabelos, completando o resto da lavagem.

4. HIDRATE OS FIOS UMA VEZ POR SEMANA
Não importa qual seja o seu tipo de fio, a hidratação uma vez por semana é para todos os cabelos! Sempre tire aqueles minutinhos a mais para fazer o tratamento caprichado com uma máscara concentrada. Para potencializar o efeito, você pode misturar o creme com o óleo de argan ou óleo de coco 100% natural.

5. FÃ DE CHAPINHA, SECADOR OU DIFUSOR? USE O PROTETOR TÉRMICO, SEMPRE!
Se você é adepta das ferramentas de calor, o primeiro passo é nunca esquecer de aplicar um protetor térmico nos cabelos para protegê-los da alta temperatura. Nada de sair secando sem passar um leave-in, afinal, você não quer um cabelo ressecado, poroso e sem brilho, né?

6. USE PRODUTOS COM FILTRO UV
Os raios solares também deixam os cabelos ressecados, além de fazer com que a cor dos fios coloridos desbotem mais rápido. Aplique um leave-in, óleo de argan ou silicone, pois todos esses produtos possuem filtro UV, garantindo a proteção.

7. NUNCA SEQUE O CABELO MUITO MOLHADO
Saiu do banho com o cabelo encharcado e já vai direto ligando o secador? Pode parar por aí! Antes de usar a ferramenta de calor, além de aplicar o protetor térmico, é muito importante retirar o excesso de água dos fios. Começa a secagem com eles muito molhados, você vai ficar muito mais tempo com a alta temperatura nas madeixas, o que não é nada saudável.

Retire o excesso de água com a toalha e espere alguns minutos para começar a secar os cabelos!

8. CACHEADAS, NÃO PENTEIEM OS CACHOS COM OS CABELOS SECOS
Toda cacheada sabe que ficar os cachos definidos pode ser um pouquinho trabalhoso. Para manter o formato dos cabelos, é importante seguir alguns cuidados básicos. Pentear os fios secos compromete os caracóis, além de favorecer o aparecimento de frizz. Deixe sempre esse momento para quando as madeixas estiverem molhadas.

9. NÃO PRENDA O CABELO MOLHADO
Pode parecer bobeira, mas muita gente ainda tem essa mania. Prender o cabelo molhado pode enfraquecer o fios e causar quebra. Deixe os fios secarem naturalmente ou agilize o processo com a ajuda de um secador para não correr o risco de enfraquecer as madeixas com esse ato.

10. INVISTA EM UMA FRONHA DE CETIM OU SEDA
As cacheadas já estão ligadas nessa dica, mas ela serve para qualquer tipo de cabelo. Quer acordar com as madeixas arrumadas e, principalmente, sem frizz? Invista em uma fronha de cetim ou de seda, pois esses tecidos não causam atrito, evitando a quebra capilar e os fios arrepiados durante a noite de sono.

 

Fonte: Fique Diva

Terça, 16 Janeiro 2018 10:23

Alimentos para um cabelo saudável

Para um cabelo saudável um dos fatores mais importantes são os alimentos.
Comer bem com produtos ricos em nutrientes ajudam a saúde em geral e são a melhor forma de ter uma cabeleira bonita, por isso não chega a utilizar um bom shampoo ou hidratante, o primeiro e mais importante passo começa na cozinha.
Coma com regularidade:

  • Peixes gordos, são ricos em ômega 3, em iodo e em cálcio. Prefira os peixes do mar em vez dos de viveiro como a sardinha, atum, cavala e salmão selvagem. Se for vegetariano/a substitua por abacate e sementes de linhaça moídas. O peixe deve ser comido 3-4 vezes por semana, grelhado ou cozido para manter os seus nutrientes;
  • Vegetais verdes escuros, como couves, agrião, rúcula, brócolos e espinafres, ricos em vitaminas e sais minerais como o ferro e o cálcio. Deve ser ingerido pelo menos uma porção diária;
  • Aveia, sendo um cereal muito nutritivo e completo é conhecido pela sua fibra solúvel que provoca a diminuição do mau colesterol e ao controle da glicemia;
  • Frutos secos como a noz muito rica em selênio, avelãs, nozes, amêndoas, amendoins e sementes de abóbora e girassol. Estes frutos devem ser consumidos na sua forma natural, sem sal e sem açúcar;
  • Ovos, de preferência de galinhas criadas ao ar livre no campo muito ricos em proteínas, vitamina B12 e biotina;
  • Feijão, grão de bico ou lentilhas, ricos em proteínas, vitaminas do complexo B e fibras. Devem ser consumidos 3 a 4 vezes por semana;
  • Outros alimentos como ostras muito ricas em zinco que regula a oleosidade, gérmen de trigo, rebentos de alfafa e cenouras.

Podíamos incluir muitos mais alimentos para um cabelo saudável mas todos de origem natural como frutas e legumes, a evitar estão todos aqueles que sofrem muita transformação, como cereais refinados, enlatados com conservantes, refrigerantes, fast-food, entre muitos outros.

Segunda, 08 Janeiro 2018 11:32

Efeitos do estresse nos cabelos

O estresse ou stress tanto físico como mental podem causar alterações na saúde do cabelo.

Esta reação do organismo como consequência de alterações no modo de vida quer por alterações no trabalho, desemprego, crise financeira, morte, doença de pessoas queridas e problemas de relacionamento alteram o perfil hormonal que em determinadas circunstâncias provoca perda de cabelo. Os dados obtidos permitem esboçar uma explicação biológica de como o estresse/stress pode desencadear ou agravar eflúvio telógeno e alopecia areata.

Nem sempre acontece, nem existe um padrão para classificar este fenômeno no ser humano, mas quase todos nós passamos por uma ou mais experiências idênticas. Os fios capilares começam a cair de uma forma acelerada aumentando ainda mais a depressão ou ansiedade, parece um fluxo que se auto-alimenta. A boa noticia é que esta perca é quase sempre temporária e logo que os efeitos passam os fios voltam a nascer. A má noticia é que a recuperação pode levar vários meses e entretanto é necessário viver com uma rarefação capilar.
 
A única forma é tentar minimizar os efeitos e esperar que esta fase passe depressa, para isso aconselhamos:
  • Pratica de uma atividade relaxante como por exemplo Yoga ou Reiki;
  • Redobrar os cuidados com a alimentação para os cabelos;
  • Em casos graves de depressão ou ansiedade consulte o seu médico;
  • Nas depressões ou fases de ansiedade ligeiras pode optar por suplementos naturais de Rhodiola ou Ashwagandha (ginseng indiano);
  • Tome chá de hipericão, também conhecido por erva de São João (Hypericum Perforatum). O hipericão é aconselhado para estados depressivos suaves a moderados, ansiedade e insônia, no entanto têm efeitos adversos como a interação com outros medicamentos anti-depressivos e contraceptivos orais como a pílula atenuando as suas funções;
  • Durma bem, estabeleça um horário deitando-se antes das 23 horas, durma 7/8 horas diárias;
  • Um reputado neuro-psiquiatra, David Lewis, especializado em medir ondas cerebrais através de métodos não invasivos aumentou os níveis de stress de um grupo de participantes e mediu as suas ondas cerebrais após escutarem uma série de músicas. A canção vencedora foi Weightless de Marconi Union, consegui produzir níveis de relaxamento superiores a qualquer massagem, bebida ou meditação. Escolha as suas músicas de relaxamento e escute-as com frequência

Siga estes conselhos para minimizar os seus níveis de estresse/stress e felizmente depois da situação traumática diminuir, é bem provável que o seu cabelo renascerá saudável.

Página 1 de 2

Compre em nosso site e parcele no cartão de crédito através do PagSeguro, PayPal e Mercado Pago - 100% Seguro
  

Fale Conosco

Rua Francisco Abrantes Fortuna, 430, Santo Antônio - Ponte Nova - Minas Gerais
E-mail: contato@phytobelle.com.br
Telefone: 31 3881-8853

Newsletter

Receba os melhores conteúdos sobre a Phytobelle Cosméticos Naturais! Cadastre-se agora para receber nossa newsletter.