x 

Carrinho vazio
Terça, 12 Setembro 2017 15:22

8 atitudes de pessoas de sorte!

As pessoas que se consideram sortudas têm algumas características em comum – que você pode facilmente adotar na sua vida e no seu dia a dia.

1. Multiplique as chances Sabe aquele conhecido que vive ganhando alguma coisa? Ele ganha porque participa. Começe a participar de mais concursos e promoções.

2. Seja sociável Quanto mais pessoas você conhecer, quanto mais você for simpático no tratamento com as pessoas, maior é a chance de que alguma delas traga boas notícias – como uma oferta de trabalho.

3. Tenha calma Se você vive correndo e distraido, jamais terá a sorte de notar aquela nota de R$ 50 dando sopa na calçada. E a sua chance de perder alguma coisa também é maior...

4. Busque o novo Faça coisas diferentes - cursos, amizades, viagens ! Com isso, sua chance de ter sorte se torna estatisticamente maior.

5. Aceite o acaso Não tente ser racional o tempo todo. Mater o equilíbrio é a melhor solução sempre.

6. Medite Ajuda a tomar boas decisões, o que é essencial à sorte. Um estudo constatou que as pessoas sortudas meditam com mais frequência.

7. Acredite Se você não acredita nos seus sonhos e metas, provavelmente não vai acontecer mesmo. 

Seja otimista – E corra atrás.

8. Não dê bola para os números Queria se candidatar a um concurso concorridíssimo, mas desistiu porque a chance era pequena? Ao desistir ela passou a ser de 0%. E facilitou a vida do sortudo que irá conquistar a vaga.

1- Você tem um teto sobre sua cabeça.

2- O inverno está chegando e você não vai passar frio.

3- Você comeu hoje.

4- Você tem um bom coração.

5- Você tem água para beber a vontade.

6- Você não mora em um país em guerra.

7- Você tem roupas para vestir.

8- Você dormiu em uma cama.

9- Você já passou por muitas coisas e superou.

10- Você está respirando !!!

Optar por alimentos saudáveis em um mundo que nos bombardeia com redes de fast food, alimentos congelados e enlatados cheios de conservantes, por mais estranho que pareça, é uma atitude difícil. A verdade é que já crescemos acostumados a consumir itens ricos em carboidratos, gorduras e açúcares.

Nós não nascemos amando batata frita e odiando rúcula. A questão é que estamos culturalmente habituados a enxergar alimentos saudáveis como opções “sem graça” de cardápio. E a saúde acaba pagando o preço.

Se você até pensa em mudar sua alimentação, mas torce o nariz toda vez que vê o arroz integral no prato, saiba que talvez a solução para os seus problemas esteja em apenas uma palavra: treino. Uma pesquisa recente sugere que é possível treinar o cérebro a escolher comida saudável e, inclusive, a ficar satisfeito e feliz com ela. Viva!

De acordo com os pesquisadores, a solução está em consumir alimentos saudáveis até que nosso cérebro fique viciado, da mesma forma que acontece com os alimentos ricos em calorias vazias, sem valor nutricional.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores estudaram os mecanismos de recompensa em 13 pessoas acima do peso, sendo que 8 dessas pessoas faziam um programa de redução de peso e os outros 5, não. A pesquisa avaliou o cérebro dos voluntários por ressonância magnética, tanto no início quanto no final do processo.

Vício do bem

Entre aqueles que participavam do programa de redução de peso, os examesrevelaram mudanças no centro de recompensa, associado com aprendizagem e vício. Depois de seis meses, essa área tinha “viciado” em comidas saudáveis e de baixo teor calórico, indicando que as pessoas não só estavam comendo esses alimentos como ficando satisfeitas com eles.

Além disso, a área de recompensa passou a demonstrar menos prazer quandoas pessoas ingeriam alimentos não saudáveis e ricos em calorias. O programa de redução de peso englobava fatores que envolvem mudança de comportamento e adoção de alimentos ricos em fibra e pobres em açúcares.

O segredo foi apresentar opções saudáveis de cardápio de forma que parecessem atraentes. E, pelo jeito, deu certo. E aí, você já pensou nisso? Que tal fazer um teste e se forçar a comer alimentos saudáveis por pelo menos seis meses? Você só tem a ganhar e, de quebra, ainda pode acabar mudando seu paladar.

Jan Koum nasceu em Kiev, capital da Ucrânia, e quando criança nunca teve água quente em casa, sobreviveu com cupons de comida quando emigrou para os Estados Unidos com 16 anos. Morando na Califórnia com sua mãe e sua avó, ele viveu épocas de grandes dificuldades financeiras. Ele e a mãe conseguiam alimentos em um centro comunitário, enquanto trabalhavam como babá e faxineiro, respectivamente. Em meio a pobreza que vivia, Koum lia livros e manuais sobre programação, tornando-se um autodidata no assunto. Foi justamente esse potencial autodidata que garantiu a ele um emprego na Ernest&Young, empresa em que trabalhou como especialista de segurança. Uma de suas principais funções era conferir o sistema de anúncios da recém-criada Yahoo!. A partir daí, a carreira de Koum começou a deslanchar. Jan Koum trabalhou nesta empresa por nove anos, vivenciando os momentos de ápice e declínio de uma das maiores empresas do segmento digital domundo. Após este período, Koum viveu um ano ruim, viajando por vários lugares e pleiteando vagas em empresas como Facebook e Twitter. Após ser recusado pelas duas gigantes das redes sociais, Koum juntou-se a seu amigo Brian Acton para, juntos, abrirem sua própria empresa.

Foi neste momento que Jam se lembrou de algumas questões que o incomodavam como usuário de serviços digitais: além de sempre esquecer sua senha do Skype, Koum se incomodava pelo fato de sua academia não permitir ligações durante as atividades. Para resolver esses dois problemas, Jam Koum teve a ideia de criar umaplicativo específico, o WhatsApp. Lançado em 2009, o aplicativo é uma das principais ferramentas de comunicação da atualidade. Em fevereiro de 2014 o WhatsApp foi adquirido pelo Facebook por bilhões de dólares.

Uma blitz realizada pela Fundação Procon São Paulo em salões de beleza da capital paulista encontrou produtos com validade vencida sendo utilizados nos clientes pelos estabelecimentos. Segundo a entidade, todos os locais vistoriados apresentaram irregularidades. “Não esperávamos encontrar tantos problemas nos bairros de alto padrão. O objetivo da Operação Vênus é preservar a saúde da mulher, em razão dos ingredientes tóxicos que têm em xampus, esmaltes e sprays”, constatou o diretor de fiscalização do Procon SP, Osmário Vasconcelos. A fiscalização começou no dia 8, Dia Internacional da Mulher, e seguiu ao longo do mês.Até agora, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor inspecionou 34 salões de beleza nas Avenidas Brigadeiro Faria Lima, Rebouças, Cidade Jardim, Higienópolis e na Rua Augusta. Alguns destes estabelecimentos não cobram menos de R$ 300,00 por um corte de cabelo e uma escova. Apesar do alto padrão, em todos os locais foram encontradas irregularidades. Entre elas, esmaltes e xampus vencidos, produtos com a validade apagada, itens vendidos fora do prazo de validade e a ausência de tabelas com preços dos serviços. “É muito grave. Os médicos falam em alergias, queda de cabelo e até intoxicação. Nós queremos preservar a saúde do consumidor e por isso a ação vai continuar nos salões nobres e também em estabelecimentos da periferia.”, afirmou Vasconcelos. 

Ele explica que todos os salões de beleza foram notificados e têm prazo de 15 dias para apresentar a defesa. Se o recurso não for aceito, será emitido o auto de infração e o estabelecimento terá penalização de acordo com as condições financeiras e a gravidade da infração. As multas podem variar entre R$ 600 e R$ 9 milhões. “É preciso conscientizar os cabeleireiros e também os clientes. O consumidor deve ficar mais cauteloso e verificar os prazos de validade dos produtos para preservar a própria saúde”, alertou Osmário Vasconcelos. A lista completa dos salões de beleza que apresentaram irregularidades pode ser consultada no site do Procon SP (www.procon.sp.gov.br).

Fonte: Exame.com

Compre em nosso site e parcele no cartão de crédito através do PagSeguro

Fale Conosco

Rua Francisco Abrantes Fortuna, 430, Santo Antônio - Ponte Nova - Minas Gerais
E-mail: contato@phytobelle.com.br
Telefone: 31 3881-8853

Newsletter

Receba os melhores conteúdos sobre a Phytobelle Cosméticos Naturais! Cadastre-se agora para receber nossa newsletter.